Cirurgia de Catarata

A Cirurgia de Catarata consiste na quebra e aspiração do cristalino opaco utilizando-se um aparelho com ultrassom (Faco-emulsificação). Após a retirada da catarata, implanta-se a lente intra-ocular dobrável através de uma microincisão (entre 2,4-2,8 mm) realizada na córnea. Atualmente existe um método mais moderno de cirurgia de catarata a laser, na qual utiliza-se um aparelho de laser de femtosegundo (LenSx®) para realização de algumas etapas da cirurgia (incisões, capsulorrexe, nucleofragmentação) com benefício de dar mais precisão, previsibilidade e reprodutibilidade a cirurgia de catarata.

A escolha adequada da LIO (Lente Intraocular) é de suma importância para satisfação pós cirurgica do paciente. O implante de uma LIO possibilita além da restauração da visão uma correção refrativa também, ou seja, uma correção do grau dos óculos. Para isso existem as LIOs monofocais (esféricas e asféricas) e as chamadas de LIOs “Premium” (tórica, multifocal, multi-tórica) com alta tecnologia que corrigem astigmatismo e possibilitam a multifocalidade (visão de perto e longe). O oftalmologista através do estudo adequado do olho do paciente poderá julgar qual a melhor opção de LIO levando em consideração a expectativa visual do paciente. 

 

LIOs Monofocais (corrige apenas uma distância):

Esféricas (corrige miopia/hipermetropia)

Asféricas (corrige miopia/hipermetropia e diminui aberração esférica da córnea)

LIOs “Premium”

Tórica (corrige miopia/hipermetropia e astigmatismo)

Multifocal (proporciona visão de longe e perto)

Multifocal-Tórica

 

Tire suas dúvidas sobre a cirurgia de catarata

 

  • O que é catarata?

Catarata é a opacidade do cristalino (lente natural do olho humano). Existem várias intensidades de catarata, que vão das mais leves (opacidades incipientes) até as mais intensas (brancas e rubras).

 

  • Quais são os sintomas?

Um dos primeiros sintomas da catarata é o distúrbio na visão de cores, depois a própria capacidade visual fica diminuída, levando a situações avançadas até a cegueira. Cegueira essa reversível, através da cirurgia de catarata.

 

  • Existe uma idade para ter catarata?

Não. A catarata mais comum é a senil, que aparece por volta dos 60 anos, mas nada impede de um paciente mais jovem ter a doença. Existem ainda as cataratas congênitas, as quais aparecem ao nascimento e as relacionadas a doenças sistêmicas, como diabetes.

 

  • Como é feita a cirurgia (retirada) da catarata?

A cirurgia de catarata é realizada através de microincisões nos olhos (em média 1,75mm), pelas quais retiramos o cristalino opaco com a ajuda de um aparelho de facoemulsificação e colocamos uma lente intraocular no lugar da catarata removida.

 

  • A cirurgia de catarata é feita com laser?

Recentemente surgiu no mercado oftalmológico um laser capaz de realizar alguns passos da cirurgia de catarata, mas ainda é necessário o uso do facoemulsificador para retirada da catarata.

 

  • É necessário implantar uma lente na cirurgia de catarata?

Sim. Quando retiramos o cristalino precisamos colocar uma lente intraocular no lugar para dar o “grau” dos olhos.

 

  • Como é feita a anestesia em uma cirurgia de catarata?

A anestesia é tópica, ou seja, com colírios e anestésicos intraoculares. Juntamente com a anestesia, existe a possibilidade de sedação do paciente.

 

  • É preciso dar pontos na cirurgia de catarata?

Na maioria dos casos não é necessário dar pontos, pois trata-se de incisões auto-selantes. Mas dependendo do intra-operatório, o cirurgião pode optar por dar alguns pontos como segurança.

 

  • Para a cirurgia de catarata precisa ficar internado?

Não. Pode-se usar o “Day-Use”. Interna, opera, e tem alta no mesmo dia.

 

 

  • Como é a recuperação após a cirurgia de catarata?

A recuperação vai depender de cada paciente. Cada pessoa tem um tipo de catarata e um tipo de olho, mas em geral, após uma semana a maioria dos pacientes já consegue voltar, aos poucos, as suas atividades diárias, e ao final de 30-45 dias, estão com os olhos bem recuperados da cirurgia.

 

 

  • É possível corrigir o grau dos óculos com a cirurgia de catarata?

Sim. Quando colocamos a lente intraocular conseguimos corrigir o grau do paciente também.

 

  • Existem muitos tipos de lentes intraoculares?

Sim. Podendo ser rígidas ou dobráveis. Existem basicamente as lentes monofocais (esféricas e asféricas), multifocais, tóricas e multi-tóricas.

 

  • Pode operar os dois olhos no mesmo dia?

Não é recomendado operar os dois olhos no mesmo dia por tratar-se de uma cirurgia intraocular e existir a chance de infecções.

 

  • Quanto tempo dura a cirurgia de catarata?

A cirurgia é rápida, durando em media 15-30 minutos. Demora mais para arrumar a sala cirúrgica e o paciente do que o próprio ato cirúrgico.

 

  • Quais os cuidados no pós-operatório?

Basicamente não realizar esforço físico. Não abaixar e levantar a cabeça abruptamente, não dormir do lado do olho operado, e o mais importante de tudo, usar os colírios do pós-operatório adequadamente para evitar infecções.

 

  • É necessário se afastar do trabalho?

É recomendável deixar alguns dias de pós-operatório, principalmente pela posologia dos colírios na primeira semana, que é mais intensa (geralmente de 2/2 horas).

 

  • A lente-intraocular pode ser rejeitada pelo olho? Pode ser trocada?

As lentes intraoculares já são feitas para não haver rejeição. Não há necessidade de troca ao longo da vida, por isso a importância de colocar uma lente de boa qualidade. Caso seja necessário por algum motivo realizar uma troca de lente intraocular, é necessário que se faça outra cirurgia.

 

  • Posso usar maquiagem antes e após a cirurgia?

Não é recomendável usar maquiagem no pré e pós-operatório imediato. Os olhos devem ser bem limpos com shampoo neutro e água, para evitar chance de infecção.

 

  • Pode-se frequentar mar e piscina após quantos dias?

O uso de piscinas e mar é liberado apenas após 30-45 dias, quando os olhos estarão bem cicatrizados e recuperados da cirurgia de catarata. 

Cirurgia de Catarata